Vigésimo sexto dia de meditação do mês do Sagrado Coração de Jesus

Sacred Heart and Priest

Clique aqui e faça a oração preparatória todos os dias.

Oremos por aqueles a quem Deus confiou o cuidado da nossa alma. Pai Nosso, Ave Maria, Glória, e a jaculatória: “Coração de Jesus, que tanto nos amais, fazei que vos amemos cada dia mais.”

Entre os consoladores do Coração de Jesus acham-se primeiramente os zelosos Ministros de Deus e os Santos Religiosos e Religiosas

É o exército visível de Jesus, são os seus Anjos sobre a terra.

O fim deles é a glória de Deus – a honra e glória de Maria, – a salvação das almas, – o triunfo da Igreja. – numa palavra, todos os interesses de Jesus Cristo. – Cada manhã, na oração, recebem as ordens do seu Deus e Senhor; cada noite dão contas do seu dia… Oh! Pedi a Jesus que este exército se aumente cada vez mais; oferecei-vos, algumas vezes, para que, também vós, sejais alistados no serviço de tão bom Senhor. – Oh! Se soubésseis como ali se está bem! Como se vive feliz! Como se morre cheio de confiança!

Orai hoje pelos Padres e religiosos; e lede alguma coisa sobre a vocação.

Exemplo

No ano de 1884, um seminarista de uma diocese da Ástria dirigia-se ao orgam da Liga do Apostolado para fazer pública a sua ação de graças por três meses alcançadas do Sagrado Coração:

1ª. – No meio de seus estudos teológicos foi atingido pela lei militar e logo considerado válido para o serviço ativo. Com essa perspectiva de três anos de vida de quartel, recorre ao Coração de Jesus, e confia-lhe sua pessoa e sua vocação. Alguns meses mais tarde, realiza-se a segunda inspeção, cuja sentença é definitiva. Qual não foi então a sua alegria, ao ouvir esta decisão: inapto para o serviço militar!

2ª. – Uma demasiada aplicação aos estudos lhe abalou a saúde, ao ponto de que o médico lhe mandou interrompê-los, durante alguns anos talvez. Cheio de confiança nas promessas do Divino Mestre invocou o seu Coração compassivo, e, contra as previsões humanas, recobra em pouco tempo todas as suas forças.

3ª. – Uma terceira provação lhe sobrevém: sua família empobrece e não pode mais pagar sua pensão; ele pede aos superiores um abatimento, ou, ao menos uma espera, que a princípio não lhe é concedida. Não desanima, e redobra de orações invocando o Sagrado Coração com inteiro abandono à sua providência paternal. Sua confiança perseverante não é frustrada: algum tempo depois, sem nova diligência de sua parte, lhe anunciam que terá de pagar só uma pequena parte da pensão.

Não sabendo exprimir quanto se sente agradecido, o jovem espera o momento em que, revestido do sacerdócio, o possa mostrar, dedicando-se a servir e glorificar o Santíssimo Coração de Jesus.

Obs.: Trecho retirado do livro “Mês do Sagrado Coração de Jesus” do Padre José Basílio Pereira, que pode ser baixado no blogalexandriacatolica.blogspot.com

Sobre Débora Maria Cristina

email para contato: aformacaodamocacatolica@gmail.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: