Arquivo da categoria: Cristo Rei

Mês de Julho em honra ao Preciosíssimo Sangue de Nosso Senhor Jesus Cristo

Coroa do Preciosíssimo Sangue de Jesus Cristo

 Cruz Santa

V. Deus, vinde em nosso auxílio.

R. Senhor, socorrei-nos sem demora.

V. Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo.

R. Como era no princípio, agora e sempre. Amém.

Primeiro mistério

No oitavo dia após o seu nascimento, Jesus derramou as primeiras gotas de seu Sangue ao ser circundado no Templo em obediência à Lei de Moisés. Meditemos que Jesus permitiu isto, para satisfazer a justiça divina por nossas dissoluções.

Excitemo-nos sinceramente à dor, prometendo ao Senhor, com sua poderosa graça, sermos para o futuro verdadeiramente castos na alma e no corpo. Amém.

5 Pai Nosso… 5 Glória ao Pai….

Senhor, nós Vos rogamos, socorrei os vossos servos que remistes com o vosso preciosíssimo Sangue.

Segundo mistério

No Horto das Oliveiras foi tamanha a agonia de Jesus ao pressentir a sua Paixão e morte que verteu suor de Sangue por todo o seu corpo. Tudo isso devido à nossa ingratidão.

Arrependamo-nos, portanto, de termos tão indignamente correspondido aos inumeráveis benefícios do Senhor e proponhamo-nos a fazer bom uso das graças do Céu e das santas inspirações. Amém.

5 Pai Nosso… 5 Glória ao Pai…

Senhor, nós Vos rogamos, socorrei os vossos servos que remistes com o vosso preciosíssimo Sangue.

Terceiro mistério

Durante a cruel flagelação a que foi submetido, Jesus verteu Sangue de sua carne dilacerada. Ele se imolou ao Pai a fim de sermos livres e perdoados de nossos pecados.

E por que razão não refreamos nós a ira e o amor próprio? Procuremos, para o futuro, ser mais pacientes nas tribulações, desprezar a nós mesmos e receber em paz as injúrias que nos fizerem. Amém.
5 Pai Nosso… 5 Glória ao Pai…

Senhor, nós Vos rogamos, socorrei os vossos servos que remistes com o vosso preciosíssimo Sangue.

Quarto mistério

Jesus foi humilhado e escarnecido quando lhe puseram, na cabeça, uma coroa de espinhos. Seu Sangue gotejou cobrindo-lhe a face e os cabelos.

E continuaremos nós ainda a alimentar-nos de soberba e a fomentar imagens desonestas e ideias pecaminosas na nossa mente?
5 Pai Nosso… 5 Glória ao Pai…

Senhor, nós Vos rogamos, socorrei os vossos servos que remistes com o vosso preciosíssimo Sangue.

Quinto mistério

Oh! Quanto Sangue não derramou Jesus ao perfazer o caminho do Calvário carregando a pesada Cruz, ficando regadas deste precioso Sangue as ruas de Jerusalém e aqueles lugares por onde passou; tudo isto foi devido aos escândalos e maus exemplos, com que as criaturas haviam de arrastar outras para o caminho da perdição.

Quem sabe se nós pertencemos aos número desses infelizes? Quem sabe quantos, por nosso mau exemplo, se terão precipitado no inferno? E não cuidamos ainda de dar remédio a isto?

Procuremos para o futuro contribuir para a salvação das almas, admoestando-as e edificando-as, e sendo para elas modelo de boas e santas obras. Amém.

5 Pai Nosso… 5 Glória ao Pai…

Senhor, nós Vos rogamos, socorrei os vossos servos que remistes com o vosso preciosíssimo Sangue.

Sexto mistério

Ao ser crucificado, Jesus verteu Sangue, em profusão, por todo o seu corpo. Com martelos e cravos, abriram-lhe as chagas das mãos e dos pés.

Esse Sangue, bálsamo salutar de vida eterna, jorrou para salvar os homens de seus crimes e iniquidades.

E haverá ainda quem queira permanecer no pecado renovando a cruel crucificação do Filho de Deus?

Considerando que a nossa eterna salvação custou a Jesus derramar o seu Sangue, choremos sinceramente nossas faltas. Confiantes, peçamos a Ele a nossa conversão, a consciência viva de sermos pecadores necessitados de salvação, a disposição para buscá-la sempre e recebê-la com humildade no sacramento do perdão.
5 Pai Nosso… 5 Glória ao Pai…

Senhor, nós Vos rogamos, socorrei os vossos servos que remistes com o vosso preciosíssimo Sangue.

Sétimo mistério

Mesmo depois de morto quando, com uma lança, lhe abriram o Lado, Jesus verteu, de seu amantíssimo Coração, Sangue misturado com Água a fim de nos mostrar assim que Ele não tinha mais Sangue… Tendo-o já derramado até a última gota pela salvação de todos os homens…

Ó bondade divina do nosso Redentor, quem não Vos amará? Quem não se abrasará de amor por Vós, que tudo fizestes por nosso resgate!

Que todas as criaturas da Terra, os Anjos e Santos dos Céus juntos à Maria Santíssima, louvem e bendigam o preciosíssimo Sangue de Jesus. A Ele, portanto, honra e glória por todos os séculos dos séculos. Amém.

Para honrar os 33 anos que Jesus viveu aqui na Terra, neste último Mistério rezar somente:

3 Pai Nosso… 3 Glória ao Pai…

Senhor, nós Vos rogamos, socorrei os vossos servos que remistes com o vosso preciosíssimo Sangue.

Oremos

Ó Sangue preciosíssimo de vida eterna, preço e resgate do mundo inteiro, bebida e banho salutar das nossas almas, que continuamente defendeis a causa dos homens junto do trono da Suprema Misericórdia, eu Vos adoro profundamente, Senhor Jesus, e quero, quanto me for possível, compensar-Vos das injúrias e dos ultrajes que recebeis constantemente dos homens e sobretudo daqueles que tem a audácia de proferir blasfêmias contra Vós.

E quem não bendirá este Sangue de um valor infinito? Quem não se sentirá inflamar de amor por Jesus, que o derramou? Que seria de mim, se não fosse resgatado por este Sangue divino? Quem o tirou das veias do meu Senhor até a última gota? Ah! Que foi, sem dúvida, o amor!

Ó amor imenso, que nos destes um bálsamo tão salutar!

Ó bálsamo inestimável, brotado da fonte de um amor infinito, fazei que todos os corações e todas as línguas Vos louvem, glorifiquem e agradeçam agora e por toda a eternidade. Amém.

Súplica

Mãe Dolorosa, peço-Vos pelos méritos dos vossos sofrimentos na morte de vosso Filho, que ofereçais a Deus Pai, o preciosíssimo Sangue que jorrou das Chagas de Jesus Cristo crucificado, pelo pobres sacerdotes transviados que se tornaram infiéis à sua sublime vocação para que, o quanto antes, voltem ao Bom Pastor. Amém.

– Cada mistério, composto de cinco contas, representa as cinco chagas de Nosso Senhor Jesus Cristo.
– Os seis mistérios de cinco contas representam os trinta anos da vida oculta de Jesus em Nazaré.
– O sétimo mistério compõe-se de três contas para representar os três anos apostólicos do Salvador que foram também os três últimos de sua vida.

 Uma antiga Ladainha do Preciosíssimo Sangue

 Senhor, tende piedade de nós.

Senhor, tende piedade de nós.

Cristo, tende piedade de nós.

Cristo, tende piedade de nós.

Senhor, tende piedade de nós.

Senhor, tende piedade de nós.

Cristo, ouvi-nos.

Cristo, ouvi-nos.

Cristo, atendei-nos.

Cristo, atendei-nos.

Deus Pai do Céu, tende piedade de nós.

Deus Filho, Redentor do mundo, tende piedade de nós.

Deus Espírito Santo, tende piedade de nós.

Santíssima Trindade, tende piedade de nós.

 

Caro Sangue de nosso Redentor, purificai-nos.

Sangue do Novo e Eterno Testamento, purificai-nos.

Preço de nossa redenção, purificai-nos.

Fonte das Graças Divinas, purificai-nos.

Fonte de água viva, purificai-nos.

Caro preço de resgate pelos pecadores, purificai-nos.

Penhor da felicidade eterna, purificai-nos.

Sacrifício para a justiça eterna, purificai-nos.

Chave para a porta do céu, purificai-nos.

Purificação de nossas almas, purificai-nos.

Salvação de nossa miséria, purificai-nos.

Remédio para as nossas chagas, purificai-nos.

Meio para a remissão dos pecados, purificai-nos.

Pagamento para as nossas dívidas, purificai-nos.

Remissão das penas merecidas, purificai-nos.

Fonte de vida dos que tem sede da salvação, purificai-nos.

Esperança dos pobres, purificai-nos.

Consolação dos aflitos, purificai-nos.

Fortalecimento dos fracos, purificai-nos.

Reconciliação dos pecadores, purificai-nos.

Júbilo dos justos, purificai-nos.

Refúgio dos cristãos, purificai-nos.

Admiração dos Anjos, purificai-nos.

Consolo dos Patriarcas, purificai-nos.

Desejo dos Profetas, purificai-nos.

Força dos Apóstolos, purificai-nos.

Esperança dos Mártires, purificai-nos.

Justificação dos Confessores, purificai-nos.

Santificação das Virgens, purificai-nos.

Felicidade dos Santos, purificai-nos.

 

De todo mal, livrai-nos, Jesus.

De toda injustiça, livrai-nos, Jesus.

De toda soberba, livrai-nos, Jesus.

De toda avareza, livrai-nos, Jesus.

De toda intemperança, livrai-nos, Jesus.

De toda ira e ódio, livrai-nos, Jesus.

De toda preguiça, livrai-nos, Jesus.

Da guerra, livrai-nos, Jesus.

Da peste, livrai-nos, Jesus.

Das tempestades danificadoras, livrai-nos, Jesus.

De uma morte imprevista, livrai-nos, Jesus.

Da condenação eterna, livrai-nos, Jesus.

Pelo vosso Preciosíssimo Sangue, livrai-nos, Jesus.

Por este grande preço de nossa redenção, livrai-nos, Jesus.

Pelo vosso Santo Sangue que derramastes na vossa circuncisão, livrai-nos, Jesus.

Pelo vosso Santo Sangue que suastes no Monte das Oliveiras, livrai-nos, Jesus.

Pelo vosso Santo Sangue que derramastes entre bofetadas de vossos inimigos, livrai-nos Jesus.

Pelo vosso Santo Sangue que derramastes na vossa flagelação, livrai-nos, Jesus.

Pelo vosso Santo Sangue que derramastes na vossa coroação de espinhos, livrai-nos, Jesus.

Pelo vosso Santo Sangue que derramastes carregando a vossa Cruz, livrai-nos, Jesus.

Pelo vosso Santo Sangue que derramastes quando arrancaram do vosso Corpo as vestes,livrai-nos, Jesus.

Pelo vosso Santo Sangue que derramastes ao ser crucificado, livrai-nos, Jesus.

Pelo vosso Santo Sangue que derramastes suspenso na Cruz, livrai-nos, Jesus.

Pelo vosso Santo Sangue que destes na última ceia aos vossos Apóstolos, livrai-nos, Jesus.

Pelo vosso Santo Sangue que cada dia no Sacrifício da Missa se torna presente, livrai-nos, Jesus.

 

Pobres pecadores que somos, nós Vos pedimos, ouvi-nos.

Para que nos poupeis, nós Vos pedimos, ouvi-nos.

Para que nos perdoeis, nós Vos pedimos, ouvi-nos.

Para que nos concedais a verdadeira devoção, nós Vos pedimos, ouvi-nos.

Para que nos deis o verdadeiro e santo temor diante de Vós, nós Vos pedimos, ouvi-nos.

Para que nos deis um coração agradecido para convosco, nós Vos pedimos, ouvi-nos.

Para que nos deis verdadeiro amor a Vós, nós Vos pedimos, ouvi-nos.

Para que nos deis verdadeira obediência às vossas Leis, nós Vos pedimos, ouvi-nos.

Para que nos concedais um amor zeloso ao bem, nós Vos pedimos, ouvi-nos.

Para que nos concedais verdadeiro terror diante do mal, nós Vos pedimos, ouvi-nos.

Para que nos deis verdadeiro arrependimento dos nossos pecados, nós Vos pedimos, ouvi-nos.

Para que nos ajudeis a melhorar a nossa vida, nós Vos pedimos, ouvi-nos.

Para que nos purifiqueis com o vosso Sangue, nós Vos pedimos, ouvi-nos.

Para que sacieis com o vosso Sangue as nossas almas, nós Vos pedimos, ouvi-nos.

Para que, por este Sangue, nos consoleis em nossas tristezas, nós Vos pedimos, ouvi-nos.

Para que, por meio deste Sangue, nos reconcilieis com Deus, nós Vos pedimos, ouvi-nos.

Para que, pelo vosso Sangue, nos leveis à virtude, nós Vos pedimos, ouvi-nos.

Para que, pelo vosso Sangue, nos façais perseverantes no vosso Amor, nós Vos pedimos, ouvi-nos.

Para que, pelo vosso Sangue, nos perdoeis os nossos pecados, nós Vos pedimos, ouvi-nos.

Para que, pelo vosso Sangue, nos perdoeis também as nossas penas, nós Vos pedimos, ouvi-nos.

Para que, pelo vosso Sangue, nos assistais na hora da morte, nós Vos pedimos, ouvi-nos.

Para que, pelo vosso Sangue, nos concedais um fim feliz, nós Vos pedimos, ouvi-nos.

Para que, pelo vosso Sangue, nos preserveis das penas do Purgatório, nós Vos pedimos, ouvi-nos.

Para que, pelo vosso Sangue, livreis as Almas padecentes do Purgatório, nós Vos pedimos, ouvi-nos.

Para que nos mostreis a vossa Misericórdia, nós Vos pedimos, ouvi-nos.

Cordeiro de Deus, que tirais o pecado do mundo, perdoai-nos, Senhor.

Cordeiro de Deus, que tirais o pecado do mundo, ouvi-nos, Senhor.

Cordeiro de Deus, que tirais o pecado do mundo, tende piedade de nós.

Cristo, ouvi-nos.

Cristo, ouvi-nos.

Cristo, atendei-nos.

Cristo, atendei-nos.

 Oremos: Ó Jesus, Redentor misericordioso, pelo valor de vosso Sangue, que derramastes por nós, e pelos méritos de vossa santa Paixão, purificai as nossas almas de todos os pecados e dai-nos a graça de que nossos corações sejam sempre mais repletos de profunda gratidão e amor para convosco, e que nos esforcemos muito mais, por meio de uma vida santa e agradável aos vossos olhos, para sermos dignos de alcançar aquela glória que adquiristes para nós a um preço tão alto e com tanto amor, oferecendo vosso próprio Sangue e vossa vida. Amém.

 * * *

Orações para cada dia da semana

 Domingo

 Ó Jesus, pelo Coração Doloroso e Imaculado de Maria, peço-Vos, não deixeis que se perca o vosso preciosíssimo Sangue, mas lembrando-Vos que antes que ele circulasse e pulsasse nas vossas veias e no vosso Sagrado Coração, circulou e pulsou nas veias e no Coração de vossa Mãe Imaculada. Concedei-me, que esse Sangue se junte ao meu, nas minhas Comunhões, para purificá-lo e fazer com que deseje amar-Vos tanto quanto vossa Mãe Vos ama, e amar a vossa Mãe, quanto Vós o amais. Amém. Pai Nosso… Ave Maria… Glória ao Pai…

 Segunda-feira

 Ó Jesus, pelo Coração Doloroso e Imaculado de Maria, peço-Vos, não deixeis que se perca o vosso preciosíssimo Sangue, mas que as gotas que tingiram as pedras da Via Dolorosa nas vossas quedas no caminho do Calvário, caiam sobre as almas que sofrem tentações, para preservá-las na Graça divina. Amém. Pai Nosso… Ave Maria… Glória ao Pai…

 Terça-feira

 Ó Jesus, pelo Coração Doloroso e Imaculado de Maria, peço-Vos, não deixeis que se perca o vosso preciosíssimo Sangue, mas que todo aquele, que derramastes no tormento indizível da vossa coroação de espinhos caia sobre as cabeças e os corações da juventude, para dar-lhe o encanto irresistível da Pureza e o horror invencível a todo o pecado. Amém. Pai Nosso… Ave Maria… Glória ao Pai…

 Quarta-feira

 Ó Jesus, pelo Coração Doloroso e Imaculado de Maria, peço-Vos, não deixeis que se perca o vosso preciosíssimo Sangue, mas que todo aquele, que derramastes com profusão na vossa Flagelação, caia sobre todos os cristãos perseguidos na sua fé e virtude, e sobre todas as almas vítimas para dar-lhes a fortaleza do martírio. Amém. Pai Nosso… Ave Maria… Glória ao Pai…

 Quinta-feira

 Ó Jesus, pelo Coração Doloroso e Imaculado de Maria, peço-Vos, não deixeis que se perca o vosso preciosíssimo Sangue, mas que todo aquele, que, nas Santas Missas, se eleva dos altares até o trono do Eterno Pai caia sobre os sacerdotes e sobre todas as almas consagradas para santificá-los e torná-los heroicamente fiéis à sua vocação e à sua missão. Amém. Pai Nosso… Ave Maria… Glória ao Pai…

 Sexta-feira

 Ó Jesus, pelo Coração Doloroso e Imaculado de Maria, peço-Vos, não deixeis que se perca o vosso preciosíssimo Sangue, mas o que derramastes na Cruz caia sobre os pecadores, especialmente, sobre todos os moribundos desta hora e deste dia. Amém. Pai Nosso… Ave Maria… Glória ao Pai…

 Sábado

 Ó Jesus, pelo Coração Doloroso e Imaculado de Maria, peço-Vos, não deixeis que se perca o vosso preciosíssimo Sangue, mas que as últimas gotas que caíram da Chaga sacrossanta do vosso Sagrado Coração caiam sobre os que não O querem aproveitar na Confissão, rejeitando esse Sacramento, ou o desprezam, confessando-se mal. Oh! Que esse Sangue da Chaga do vosso Sagrado Coração caia sobre essas almas endurecidas para convertê-las e libertá-las da escravidão do inimigo. Amém. Pai Nosso… Ave Maria… Glória ao Pai…

– – – – – – – – – – – –

Fonte: Devocionário do Preciosíssimo Sangue de Jesus Cristo. Editora da Divina Misericórdia.

Postado por A alegria da minha juventude às sábado, junho 30, 2012

Anúncios

Solenidade de Cristo Rei do universo

Consagração do gênero humano ao Sagrado Coração de Jesus
   Dulcíssimo Jesus, Redentor do gênero humano, lançai sobre nós que humildemente estamos prostados diante do vosso altar, os vossos olhares. Nós somos e queremos ser vossos; e a fim de podermos viver mais intimamente unidos a Vós, cada um de nós se consagra espontaneamente, neste dia, ao vosso Sacratíssimo Coração.
   Muitos há que nunca vos conheceram; muitos, desprezando os vossos mandamentos, Vos renegaram. Benigníssimo Jesus, tende piedade de uns e de outros e trazei-os ao Vosso Sagrado Coração.
   Senhor, sede Rei não somente dos fiéis que nunca de Vós se afastaram, mas também dos filhos pródigos que Vos abandonaram: fazei que estes tornem quanto antes à casa paterna para não perecerem de miséria e de fome.
   Sede Rei dos que vivem iludidos no erro ou separados de Vós pela discórdia: trazei-os ao porto da verdade e à unidade da Fé, a fim de que em breve haja um só rebanho e um só pastor.
   Senhor, conservai incólume a vossa Igreja e dai-lhe uma liberdade segura e sem peias; concedei ordem e paz a todos os povos; Fazei que de um pólo a outro do mundo ressoe uma só voz: Louvado seja o Coração divino, que nos trouxe salvação; honra e glória a Ele por todos os séculos.  Amém.
*Concede-se indulgência parcial ao fiel que recitar piedosamente este ato, e plenária quando se recitar publicamente na solenidade de Jesus Cristo Rei.

 (Enchiridion Indulgentiarum, Concessiones, 2 – corresponde à 27ª da 3ª ed. do Manual) 

Para lucrar a indulgência plenária, além da repulsa de todo o afeto a qualquer pecado até venial, requerem-se a execução da obra enriquecida da indulgência e o cumprimento das três condições seguintes: confissão sacramental, comunhão eucarística e oração nas intenções do Sumo Pontífice.

A condição de rezar nas intenções do Sumo Pontífice se cumpre ao se recitar nessas intenções um Pai-nosso e uma Ave-Maria, mas podem os fiéis acrescentar outras orações conforme sua piedade e devoção.

 (Manual das Indulgências, Norma 23, Parágrafo 1 e 5)