Décimo quinto dia de meditação do Mês de São José

Holy Famliy 2

Clique aqui e faça a oração inicial para todos os dias do mês de março.

Oremos para que o bom Deus nos proporcione hoje a ocasião de dedicarmo-nos por alguém.

São José era dedicado

A dedicação é o dom de si mesmo. Desde o momento em que se uniu a Maria, José não se pertenceu mais. É todo de Jesus, todo de Maria! Se é preciso acompanhar Maria à casa de Isabel, se é preciso conduzi-La a Belém, José está pronto. Ordenam-lhe a fuga para o Egito: não hesita um instante. Há de modificar todos os seus planos de conduta, voltar para Nazaré, quando sua intenção era continuar em Jerusalém; sempre a mesma dedicação:

Sede o meu modelo, ó São José! Que eu seja tudo, primeiro, de nosso bom Deus e, depois, do meu dever, da abstinência e da caridade. Que eu nunca me faça rogar para prestar um serviço.

EXEMPLO

Um dos mais hábeis pintores da escola francesa estava em Roma, e havia sido encarregado de fazer um grande quadro representando a proclamação do dogma da Imaculada Conceição. Traçado que foi o esboço do importante quadro, dirigiu-se ao Vaticano a ouvir a opinião de Pio IX. Com todo o talento e boa vontade, o notável artista procurara agrupar em redor do trono do Eterno as Miríades de Anjos e Santos que compõem a Corte Celeste: esmerara-se em sua obra, mas, ainda assim, receoso, apresentou o desenho ao Papa. Este logo ao primeiro exame, lhe diz: -“E São José, onde está Ele?…” O artista, mostrando um grupo meio sumido nas nuvens da glória, responde: -“Colocá-lo-ei ali!”  “Não”, volve-lhe Pio IX e apontando um lugar ao lado de Jesus Cristo, diz: “É aí e só aí que haveis de colocar No Céu, não é outro o seu lugar, é esse”. Por este simples fato avalia-se a viva devoção do Pontífice ao Patriarca e o fervor e confiança com que, a 8 de dezembro de 1870, o proclamou Padroeiro da Igreja Universal.

Seguindo a pia indicação do imortal Pio IX, honremos e procuremos São José como o Santo mais vizinho do Filho de Deus na glória celeste.

Obs.: Trecho retirado do livro “Mês de São José” do Mons. José Basílio Pereira, 1948. O livro pode ser baixado no blog alexandriacatólica.

Sobre Débora Maria Cristina

email para contato: aformacaodamocacatolica@gmail.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: