Undécimo dia de meditação do mês do Sagrado Coração de Jesus

a formação da moça católica dia 11

Clique aqui e faça a oração preparatória para todos os dias.

Oremos para alcançar de Deus um grande horror a todo pecado. Pai Nosso, Ave Maria, Glória, e a jaculatória: “Coração de Jesus, que tanto nos amais, fazei que vos amemos cada dia mais.”

Jesus e os apóstolos pedindo a punição dos Samaritanos

Os habitantes de Samaria não quiseram receber Jesus; expulsaram-no dentre os seus muros…; os Apóstolos indignados lhe dizem: “Senhor, quereis que digamos que desça o fogo do céu e os consuma?” – “Não sabeis de que espírito sois! Lhes diz Jesus. O filho do homem não veio perder as almas, mas salvá-las…”

Ah! Quão grande é a vossa bondade, ó meu Jesus! Agora sei porque, depois de tantos pecados, já me não tem vindo surpreender a morte! O demônio a enviava; vós, porém, Senhor a detínheis. Jesus, fazei-me agradecido.

No dia de hoje procurarei dizer alguma coisa da bondade de Deus.

Exemplo

Quando em 1881 os Padres jesuítas se estabeleceram na aldeia de Oña, em Burgos, reinavam ali, por diversas causas, costumes repreensíveis e a mocidade tinha o hábito de blasfemar e nos dias de festa se entregava a danças indecorosas; nem o cura com sua predica nem o alcaide com intimações e penas, tinha podido até aí pôr cobro ao escândalo. Tentaram-no os recém-chegados por este modo: encontrando-se um deles com um jovem em passeio, trava conversação e, depois de falar sobre vários assuntos, pergunta porque se não formam na aldeia coros de canto, como há na Espanha. Respondendo o jovem que não faltam boas vozes, mas não tem quem ensine e exercite, o Padre oferece-lhes o mestre e um local para aprenderem o canto e quaisquer outras coisas de utilidade que pertençam a boa educação.

Uma semana depois os moços na quase totalidade inauguraram suas reuniões literárias e musicais numa sala dos Padres sob a sua direção, tomando a agremiação o título de Academia do Sagrado Coração de Jesus. O ensino religioso e moral não poderia em tais circunstâncias ficar esquecido, e o Diretor, na primeira oportunidade, fez ver que era absolutamente preciso, dentro de um mês, corrigirem-se do mau vezo da blasfêmia. Respondem ser impossível, porque estava muito enraizado o hábito. O Padre replica, sem se perturbar: “Confiando em vosso divino patrono, fazei o que vos digo. Formai cada manhã o propósito de não blasfemar nem uma só vez durante o dia, e quando por acaso o fizerdes, apanhai uma pedrinha e metei-a no vosso bolso, renovando logo a resolução tomada”. Concordaram todos, e a reforma começou. À noite, à hora da classe, chegavam todos os jovens com a sua coleção de pedras.

Mas, para abrandar o corretivo e poupar o amor próprio, foi providenciado a que não pudessem conhecer as faltas uns dos outros. O Padre percorria as fileiras, levando um saco no qual todos metiam a mão, depondo lá as pedrinhas os que as tinham sem que se soubesse quais eram e em que número. Fazia-se depois a soma total e era então imposta uma penitência comum, por exemplo, a recitação de uma Ave Maria. E só com isto as blasfêmias, sem muito tardar, cessavam. Em relação às danças escandalosas, fizeram também entre si um pacto de honra os jovens agremiados e as substituíram resolutos por diversões honestas e agradáveis. Por esta forma quando em Oña celebrou-se em 1882 a festa do Sagrado Coração, a aldeia se regenerara já dos seus dois mais graves escândalos, e por obra da sua piedosa Academia, cujo coro de cantores nesse dia mesmo a abrilhantava.

Obs.: Trecho retirado do livro “Mês do Sagrado Coração de Jesus” do Padre José Basílio Pereira, que pode ser baixado no blog alexandriacatolica.blogspot.com

Sobre Débora Maria Cristina

email para contato: aformacaodamocacatolica@gmail.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: