Sétimo dia de meditação do mês do Sagrado Coração de Jesus

novenaSacredHeart

Clique aqui e faça a oração preparatória para todos os dias.

Oremos afim de colher bons frutos das instruções que recebemos. Pai Nosso, Ave Maria, Glória, e a jaculatória: “Coração de Jesus, que tanto nos amais, fazei que vos amemos cada dia mais.”

Jesus e o leproso

Ouvi este grito d’alma, este grito cheio de confiança e de amor: “Senhor, se quiserdes, podeis curar-me!” e ao mesmo tempo, acrescentou o Evangelho, lançava-se o leproso de joelhos e suplicava com as mãos erguidas… Jesus para estende-lhe as mãos e com elas toca as chagas do doente. “Sim, quero-o, diz Jesus, sê curado…” – Oh! E porque já não estarei eu curado do meu orgulho, da minha sensualidade, da minha indolência, eu que tantas vezes vos hei tocado na santa comunhão? Faltar-me-ia a confiança?

Meu Jesus, eu creio e espero! Cura-me!

Recitarei as minhas orações na Igreja como se estivesse vendo realmente Jesus Cristo.

Exemplo

O Padre J. André, missionário de Callatupaty no Indostão, em 1884, quando ali reinava a peste, narra numa carta o seguinte: “Um dia, quando eu ia sair de casa, chegam dois homens cobertos de suor:

“Padre, dois cristãos de Vayalogam.”

– “De tão longe! Alguma extrema-unção, sem dúvida.”

– “Sim, Padre, para toda a aldeia.”

– “Para toda a aldeia! Expliquem-se.”

– “Padre, leia.” E me apresentam uma folha de palmeira em que leio: “Os cristãos de Vayalogam rogam ao Souâmi que os venha socorrer: A cólera está a suas portas, e já as três aldeias pagãs e turcas que cercam Vayalogam são dizimadas. Que o Padre não abandone seus filhos neste perigo: venha dizer-lhes uma Missa e purificar suas almas, e eles se salvarão.” – “Meus amigos, respondi eu, desde que ninguém dentre vós foi atacado, não vedes que nosso Senhor vos defende? Vossa aldeia é tão longe! É viagem de uma semana! Ora, vós sabeis que cada hora do dia e da noite eu posso ser chamado aqui para alguma vítima da cólera  ou da varíola.” –“Então, dizei o que devemos fazer.” – “Amigos, como eu mesmo não posso ir, vou fornecer-vos um substituto que, sem dar a ninguém a extrema-unção, fará o que eu não posso fazer. Aqui está uma imagem do Sagrado Coração de Jesus. Lembro-me de que  numa grande cidade de minha pátria, em Marselha, a cólera chegou a fazer 120 vítimas por dia. No mais forte da epidemia, o bispo fez um voto ao Coração de Nosso Senhor; desde esse dia, ninguém mais foi atacado. Tomai sua imagem, e no domingo próximo, levai-a em procissão pela aldeia. Os poucos pagãos que há por lá não poderão opor-se.” –“ Ao contrário; foram os mais empenhados em que viéssemos chamar-vos.” – “Mas não é tudo. Enquanto durar o flagelo, todos os dias, pela manhã e à noite, reuni-vos no maior número possível na Igreja, e recitai a ladainha do Sagrado Coração. E que nenhum menino falte, mesmo os que apenas principiam a caminhar.” – “ Mas, Padre, um grande número desses meninos ainda não sabem as orações.” – “Não importa. Dizei-lhes só que pé preciso pedir a Deus que preserve de todo o mal a aldeia, Nosso Senhor lhes inspirará a maneira de o exprimirem. Além disso, a presença deles, por si só, é uma oração que sobe ao céu. Quanto aos adultos, que tenham cuidado em não ofender ao Coração divino. Ide, fazei o que digo, e estarei salvos.”

Dois meses depois, bate à minha porta o guarda da Igreja de Vayalogam. – “E então, Aroulapen, a cólera?” – “Desapareceu, Padre.” – “Quantas vítimas?” – “nenhuma entre nós. Porém fez muitas entre nossos vizinhos, pagãos e turcos.”

Obs.: Trecho retirado do livro “Mês do Sagrado Coração de Jesus” do Padre José Basílio Pereira, que pode ser baixado no blog alexandriacatolica.blogspot.com

Sobre Débora Maria Cristina

email para contato: aformacaodamocacatolica@gmail.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: