Uma introdução à formação da moça católica…

Salve Maria!

Eu sempre quis ter um blog, partilhar com outras pessoas um pouquinho do que aprendo e neste meu processo de conversão, posso partilhar coisas pertinentes à formação da moça católica. Não tenho um projeto de postagens e não escrevo tão bem assim, mas pretendo falar geralmente sobre feminilidade e catolicismo. Vejo como muitas pessoas entendem errado ou ignoram o que seja ser feminina e ser católica, desde o dia 19 de outubro do mês passado estou trabalhando (novamente) em um posto de saúde, a maioria de minhas colegas são mulheres, temos apenas um homem entre nós e neste local eu posso presenciar diariamente a atitude das pessoas sobre a feminilidade (a masculinidade também, certamente) e sobre a Igreja de Nosso Senhor Jesus Cristo, para vocês terem uma idéia, o fato de eu não usar calças causa um grande espanto nas pessoas e já me perguntaram se sou testemunha de Jeová, protestante (“evangélica”), casada ou freira, em menos de um mês já tentaram “deduzir” por que eu não sigo a moda mundana, ou seja é chocante demais uma moça não seguir a moda, é necessário ter alguma explicação “lógica” para isso, se eu usasse saias acima dos joelhos, tudo bem, se eu usasse saias com blusas de alcinha ou tomara-que-caia, tudo bem, mas usar saia abaixo dos joelhos, com blusa de manga é demais, “essa moça tem que ter algum ‘problema’, ou então ela usaria roupas ‘normais’ como todo mundo…”
Para dizer a verdade, eu nunca sei bem como dizer para as pessoas o motivo de usar saia, sem ofender, eu queria poder ter um folder do Apostolado Maria Santíssima e modéstia sempre à mão, ou post especial sobre a saia modesta do blog Teus Vestidos da Luciana Lachance.
Enfim, quando vejo o quanto desagrada ser feminina e modesta fico lembrando das palavras de Nosso Senhor: “O servo não é maior do que o seu senhor. Se me perseguiram, também vos hão de perseguir.” E mais “Eis que eu vos envio como ovelhas para o meio de lobos”. Estar no meio destas moças me faz pedir muito mais o auxílio de Nossa Mãe Santíssima a Rainha da modéstia.
Bom, espero contribuir de alguma forma com o apostolado.
Em Jesus e Maria,
Débora
Anúncios

Sobre Débora Maria Cristina

email para contato: aformacaodamocacatolica@gmail.com

»

  1. Que legal Débora! Quero acompanhar seu blog. Um abraço!

    Responder
  2. AH, que bom, Jaque ^^ obrigada pela visita e comentário

    Responder
  3. Bom, nós do Apostolado somos uma geração "radical" que incomoda e espanta.Somos um paradoxo! Queremos ser discretas, mas chamamos muito a atenção de todos; buscamos ser normais nos vestindo como mulher, mas nos tornamos anormais vestidas como "loucas"; somos jovens,mas nos parecemos com velhas; queremos ser luz para todas, mas parece que somos trevas, pois assustamos; etc…Cada uma que experimenta viver realmente a santa modéstia no seu dia a dia se torna uma controvérsia nos tempos de hoje. Em algum momento podemos até lamentar por não termos nascido na época em que era natural a mulher se vestir decentemente, cobrindo bem o seu ccorpo. Mas louvemos e bendigamos ao Nosso Senhor por nos ter feito mulheres nos tempos de hoje, pois que sejamos sementes enterradas, pisadas, esquecidas para um dia, futuramente, muitas novas plantinhas surjam vigorosas, germinem e cresçam floridas dando muitos frutos de santa modéstia neste mundo que caminha cada vez mais distante de Deus.Alegremos!Salve Maria Santíssima!

    Responder
  4. Salve Maria!Que lindo tudo que você disse, Maria *-*E real também, eu penso muito nisso, sabe? A gente só quer ser feminina a exemplo de Nossa Mãe Santíssima e viramos anormais, como você falou… Uma vez eu estava indo para a Missa e me lembrando da primeira vez que usei o véu e pensando: "por que eu tenho que ter tanto medo de o padre achar ruim eu estar de véu? se quando eu estava imodesta nem ligava? por que eu tenho que me preocupar tanto se estou chamando a atenção e incomodando? se antes eu não me preocupava com isso?, etc, etc, etc".Assino embaixo em tudo que você falou.

    Responder
  5. Oi, Débora! Salve Maria!Que bom que você criou um blog para contribuir com o Apostolado a favor da modéstia!Gostei muito do final do seu post, onde você diz: "O servo não é maior do que o seu senhor. Se me perseguiram, também vos hão de perseguir"… "Eis que eu vos envio como ovelhas para o meio de lobos". Sabe, isso serve de consolo para os insultos que a gente recebe por causa do Apostolado, e posso lhe dizer que não são poucos não!Que Nossa Senhora lhe acompanhe e lhe auxilie, pois esse caminho virtual também é cheio de espinhos…Beijos e fica com Deus!

    Responder
  6. Salve Maria!Oi, Melissa, obrigada pelo comentário ^^E sim, é um consolo saber que apesar de todos os insultos que recebemos estamos apenas seguindo o caminho de Nosso Divino Salvador, que honra! Poder imitar tão perfeito Mestre neste mundo louco, ontem mesmo eu conversava com a Michele sobre o apostolado e ela me disse uma coisa tão interessante, ela disse assim: "as pessoas veem a gente de veu e saia na Missa e acham lindo, mas acham que já vem tudo pronto. Não sabem a luta , as renuncias, os conflitos internos diarios, as quedas, as orações e tantas coisas.Externamente tudo perfeito, mas a realidade é bem outra!!"Mas, no fim o consolo, como você diz, é lembrar de Nosso Senhor, que estamos imitando Sua Mãe Santíssima, algumas vezes penso isso no trabalho, é muito mais fácil se misturar, sabe? Ficar igual todo mundo, usando calça jeans, tênis e camiseta, mas eu estou imitando Nossa Senhora e isso que importa.E não existe vitória sem luta, não é verdade?E sim, que Nossa Senhora lhe acompanhe também, seu blog me ajudou e ajuda muito.Fica com Deus e volte sempre =D

    Responder
  7. A Michele tem toda a razão!! Ninguém sabe da nossa luta diária, da nossa indignação em não conseguirmos achar uma única peça de roupa decente em loja; ninguém conhece as palavras ásperas que escutamos às vezes até mesmo de nossos familiares, ou as piadinhas infelizes que escutamos pelas costas… Como diz uma amiga minha, esse mundo é um vale de lágrimas!! e quanto mais amigo de Jesus, mais a gente sofre!Realmente, a Vitória somente pode ser alcançada pela Cruz, essa é uma verdade certa!Que bom!Fica com Deus!!

    Responder
  8. Pois é, a gente espera apoio, mas quando abraça a modéstia encontra só decepção e é abraçando o sofrimento que nos vemos filhas de Maria Santíssima, isso é animador…É isso que sempre admirei nos mártires, essa entrega total, nunca pensei que o martírio sem sangue existisse, não totalmente sem sangue, pois o sangue de Nosso Senhor já foi derramado e nós podemos contribuir com nossa luta, nosso esforço…Agora sei que o martírio visita toda moça que queira a modéstia.fique com Deus!

    Responder
  9. Venho desejar muita força e coragem à blogger e a todas as que querem viver e vestir com modéstia.Sei o quanto é difícil a gente se vestir dessa forma, tanto por haver grande escassez de roupa modesta, quer pelos juízos que os outros fazem.Se vivemos em democracia e liberdade e tudo se pode, porque não vertirmo-nos como queremos, neste caso com modéstia? Não é isto hipocrisia?Quando ouço alguém criticar uma moça por ela se vestir modestamente, fico revoltada e sinto uma certa inveja da moça criticada pela coragem que tem. Coragem essa, que também eu quero ter.Infelizmente ainda não consegui ser tão despojada assim e confesso-me ainda muito fraca. Mas acredito que com bons exemplos e testemunhos de meninas como as que estão aqui falando, acompanhados de oração, hei-de lá chegar.Alguém disse "O caminho faz-se caminhando", e aos poucos penso que também eu conseguirei virar um exemplo para outras meninas.Que Deus abençoe todas!E sucesso para o blog!

    Responder
  10. Salve Maria!Teresa, obrigada pela visita e pelas palavras.Realmente é difícil o caminho, mas com o auxílio de Nossa Mãe Santíssima conseguiremos sim, vou te incluir em minhas orações :)um amigo querido me disse assim uma vez: "é só Nossa Senhora entrar na história que a coisa fica feia pro demônio"Fique com Deus

    Responder
  11. Salve Maria!Como fico feliz em ter moças tão modestas como vc Debora, e lamento muito em não ter vivido isso na minha juventude, apesar de não ser tão velha rsrsrs…Sempre fui uma pessoa de dentro da igreja, mas viver mesmo um experiencia com Deus foi só depois de muitos anos, nessa minha caminhada em busca de viver como Cristo sempre me pediu, foi mesmo um processo de busca intensa, o Senhor tem sido fiel e misericordioso, tem me mostrado a cada busca, cada queda como Ele me ama. E encontrando blogs como o seu tem me dado uma alegria muito grande de saber q ele se revela no mais pequeno gesto, nesse caso na vontade de moças tão simples como vcs desejar viver a modestia concretamente no vestir. Aqui proximo a minha casa tem uma igreja evangelica que as moças se vestem assim, uma vez vendo-as passar murmurei: Ah se elas venerassem Maria! vestem saias longas e blusas de manga sem contar os cabelos enormes e lindos… mas uma grande pena não viverem a nossa fé. Mas tenho procurado viver assim… to mundando meu guarda-roupa aos pouco e estou amando! Obrigada pelas dicas. Vou estar sempre por aqui. Fique com a paz de Cristo e o amor de Maria! sua irmã em Cristo Maria Eliane.

    Responder
  12. Salve Maria!Olá, Maria Eliane!Fico muito feliz com seu testemunho!É bom saber que decidiu mudar para a santa modéstia =DEu também não vivi a modéstia desde sempre, a conheci com 23 para 24 anos de idade… Mas, o importante é aderir, nunca é tarde, devemos nos certificar disso sempre!Muito obrigada pelas palavras, são uma injeção de ânimo para a caminhada do blog…Deus é realmente misericordioso, Ele espera que estejamos prontas para nos mostrar todo seu amor e para que consigamos carregar nossa cruz de cada dia, Ele nos deu a Virgem Santíssima exatamente para que não desistamos e possamos enxergar que é sim possível ser modesta, pura, recatada… por amor a Nosso Senhor, se nós seguirmos Nossa Senhora nunca iremos desistir da modéstia, eu vejo isso claramente em minha vida, eu só consegui deixar o uniforme calça jeans e camiseta com o auxílio de Nossa Mãe Santíssima, é Ela quem me cobre com seu manto sagrado.As protestantes não conseguem perseverar por muito tempo exatamente pelo motivo que você citou, elas não tem Nossa Senhora como modelo, conheço algumas "igrejas" protestantes em que agora as mulheres podem usar calça. A modéstia nos ensina a ser femininas, pois ao decidir usar uma saia precisamos de uma blusa que combine com a saia, da mesma forma um sapato que combine, a modéstia muda todo o nosso modo de vestir e não somente o exterior, muda nossa visão sobre a pureza.Não sei se você já conhece o blog teus vestidos, é ótimo, lá a Luciana Lachance dá ótimas dicas de como se vestir com modéstia!Aqui ao lado no blog você encontrará o link para o blog =DNo mais obrigada pela visita, volte sempre ^^

    Responder
  13. Salve Maria! Obrigada Débora pela resposta, verdade a Mãezinha é nossa força, sem ela não consiguimos viver a modestia a nada relacionado a isso. Conheço sim o blog teus vestidos, amo visitá-lo tenho uma pasta no meu computador só de vestidos e já estou providênciando uma costureira pra fazê-los. rsrsrsr Obrigada mesmo, vejo q encontrei uma grande amiga, você! Maria ElianeAbraço!Fique com Deus!

    Responder
  14. Salve Maria!Ah, que legal Maria Eliane, quero saber notícias dos seus vestidos, hein? heheheh^^ bom saber que ganhei uma amiga!Fique com Deus também, volte sempre hehehe

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: